segunda-feira, outubro 11, 2010

[Opinião] Shazam

Gostaria de compartilhar um fato interessante e uma idéia para inovação.

Ontem almocei com a minha esposa em um restaurante localizado no Porto do Barra, o Sussa. Local bastante legal, ao lado do Pereira, perto do Hospital Português, com uma bonita vista para o mar e excelente atendimento. O ambiente do estabelecimento era bem bacana e sentamos em uma sacada ao som de algumas músicas que estavam sendo tocadas em uma caixa de som instalada no local. O repertório musical era muito legal, contemplando músicas que fugiam um pouco do roteiro tradicional das rádios. Como eu não sabia os nomes das músicas, saquei o meu Iphone e executei o Shazam, programa de reconhecimento de músicas, ignorando o som ambiente, simplesmente direcionando o microfone do celular para a caixa de som que estava localizada às uns 2 metros de minha mesa.

Para meu espanto, o Shazam reconheceu TODAS as músicas, apesar do ruído das mesas e das pessoas que estavam no lugar. Mais uma vez, constatei não somente o poder de uso do programa, mas também a estratégia impressionante em utilizar a cloud computing ou computação nas nuvens para o processamento pesado de algoritmos de reconhecimento de padrões. O que o Shazam faz é simplesmente coletar localmente o trecho de músicas e enviar um conjunto de dados para servidores que irão fazer o "trabalho sujo" de analisar o padrão coletado com outros milhares armazenados em seus servidores. Em outras palavras, impressionante e simples.

Pois bem, no evento de lançamento da ERBASE 2011 conversei com alguns alunos meus e tive a grata satisfação de saber que um ex-aluno meu está fazendo uma pesquisa de mestrado na área de reconhecimento de imagens sob a orientação de um recém-Doutor também amigo meu na UFBA. Sugeri ao meu ex-aluno que criasse uma aplicação aos moldes do Shazam, porém com uma pequena variação. Ele utilizaria o Iphone ou outro celular com câmera de alta resolução (HD) para capturar imagens de uma pessoa e buscaria pelo perfil desta pessoa no facebook ou orkut. Parece impossível? nem tanto. Os algoritmos nesta linha evoluíram muito e uma abordagem de indexação de fotos destas redes sociais é possível de ser feita através de uma busca por profundidade. O aplicativo em questão teria o trabalho de pré-processar a imagem ou enviar esta para máquinas na internet com o intuito que estas tratem a imagem da melhor forma possível antes de sua avaliação.

Sou da opinião que esta aplicação poderá ser um divisor de águas ou um formador de tsunamis em várias questões ligadas à privacidade e o uso de redes sociais. Aposto que estamos ignorando, de certa forma, um novo comportamento social de super-exposição que poderá trazer conseqüências benéficas ou não às pessoas. Já imaginou apontar seu celular para alguém e descobrir fatos que possam aproximá-la ou distanciá-la de você?

Para quem se propor fazer esta aplicação, saibam que seu criador poderá ser lembrado pelo resto da vida como o idealizador de um novo movimento social no mundo, o que colocou 1984 no século XXI, o pai do verdadeiro Big Brother. 

Vão encarar? Eu ajudo e oriento. :D

5 Comments:

At 6:38 PM, Blogger Galdir Reges said...

Grinaldo, que bacana! Estou fazendo um projeto de pesquisa no sétimo semestre da Unifacs, sobre reconhecimento facial para autenticação, e gostaria do contato do Mestrando para usa-lo como referência na minha pesquisa. Vc poderia me por em contato com ele?

 
At 6:40 PM, Blogger Galdir Reges said...

A proposito, tem um aplicativo desse em desenvolvimento na suecia... em faze de testes... e ja esta causando alvoroço pela questão de privacidade e etc...
http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/aplicativo-usa-reconhecimento-facial-encontrar-informacoes-estranhos-redes-sociais

 
At 2:16 PM, Blogger Yudi said...

Mestre Grinolds,
estaria vc descrevendo o Google Goggles (http://www.google.com/mobile/goggles/#text) para pessoas? não me surpreenderia se a galera de mountain view já tivesse algum beta, mas resistisse a tentação de anunciá-lo, já que bateria de frente com o vespeiro de questões de privacidade online

 
At 11:18 PM, Blogger Caique said...

O Google já disponibiliza essa funcionalidade no picasa. Você seleciona uma pessoa em uma foto e a partir de então, qualquer outra foto que essa pessoa estiver presente será adicionada uma indicação.

 
At 12:30 PM, Blogger Matheus Oliveira Abreu said...

Grinaldo, tudo bom? Aceita aluno de 2 semestre de CC sem conhecimento de objective c?

 

Postar um comentário

<< Home