segunda-feira, março 26, 2007

[P&D] VP do Google visita o Brasil para conhecer iniciativas de TI e inclusão digital

FONTE:COMPUTERWORLD

Interessante... faltam só aportar na Bahia... Atenção área acadêmica, hora de começar a investir nas pesquisas patrocinadas pelo google.
---------------------------------------------------------

Na semana em que todas as atenções estiveram voltadas ao presidente George W. Bush em visita ao Brasil, no início deste mês, a presença de outro grupo tão esperado pelo governo acabou passando incólume pelos holofotes: a dos executivos do Google, dispostos a conhecer e, eventualmente, investir no País.

Sukhinder Singh Cassidy – vice-presidente de operações para as regiões de América Latina e Ásia-Pacífico – esteve em Brasília acompanhada de técnicos do buscador para conversar sobre iniciativas de inclusão e tecnologia da informação.

Segundo fontes oficiais, entre as paradas da executiva estiveram o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Certificação digital e projetos de inclusão digital – como o Casa Brasil – foram alguns dos temas abordados. As reuniões aconteceram em sigilo a pedido da própria delegação do Google.

“Se eu precisasse descrever a visita em poucas palavras, diria que foi um encontro de prospecção do Google no Brasil. Nada foi formalizado ou prometido”, diz uma fonte que prefere não se identificar.

De acordo com a fonte, outro motivo que pode estar por trás da visita é a intenção do buscador de se mostrar mais “simpático” com o País e até, eventualmente, aberto a rever sua estratégia sobre o Orkut, especialmente após diversos incidentes polêmicos – e amplamente criticados pelo Ministério Público – sobre divulgação de temas racistas e vinculados ao tráfico de drogas na rede.

Informações divulgadas no final de janeiro também por integrantes do governo federal apontavam que o encontro a ser realizado em março teria o objetivo de já debater as oportunidades de investimentos no País, o que não aconteceu.

Entre as áreas de interesse do Google estariam, além dos projetos de inclusão, capacitação de mão-de-obra em tecnologia e até mesmo a área de satélites, conforme já sinalizado no encontro realizado em Davos entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o assessor especial da Presidência da República, Cezar Alvarez, e o CEO do Google, Eric Schmidt.

Aproximação de longa data

O namoro do Google com o Brasil não é recente. Em julho de 2005 o buscador decidiu comprar a Akwan Information Technologies, empresa de tecnologia de buscas desenvolvida por um grupo de professores da Universidade Federal de Minas Gerais.

No início do ano passado, os fundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, estiveram no País para visitar as operações locais da companhia e também porque têm "muito interesse em questões ambientais e de combate à pobreza", conforme destacaram na época.

Entretanto, os executivos visitaram também a Cosan, um dos maiores produtores de derivados de cana-de-açúcar do Brasil – incluindo álcool combustível -, o que deu margem para cogitar inclusive a possibilidade de os executivos investirem na área de combustíveis alternativos.

Especulações à parte, a constatação é de que as operações do Google no País têm crescido a olhos vistos. Depois de anunciar a criação do Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Belo Horizonte (MG), tem investido na contratação de engenheiros e estagiários.

1 Comments:

At 5:29 PM, Anonymous Gabriela Nardy said...

Olá,

Sou editora do Jornal de Debates (www.jornaldedebates.com.br), um jornal colaborativo na internet que toda semana propõe debates sobre temas da atualidade. Essa semana um dos temas é "Ter computador é suficiente para a inclusão digital?", e gostaria de pedir um artigo sobre o assunto.


Grata
Gabriela Nardy
Editora - Jornal de Debates
gabriela@jornaldedebates.com.br

 

Postar um comentário

<< Home